Dicas

Animais Idosos: Adoção Responsável

A maior parte das pessoas que resolvem adotar/comprar um filhotinho, não pensam muito a longo prazo, em um futuro mais distante quando o seu filhotinho se tornar um senhorzinho idoso.

Quando falamos em posse responsável, pensamos em várias coisas, como por exemplo: Se vamos ter condições de pagar as vacinas, vermifugações, castração, medicações em geral, uma ração de qualidade, brinquedos, agradinhos e etc…Pensamos MESMO em dar uma vida digna ao pet, mas é engraçado como nossa visão pode ser limitada e tão a curto prazo, esquecemos que cães e gatos, assim como a gente, também envelhecem e precisam de cuidados especiais, talvez seja uma negação completamente natural nossa, porque não?

Você sabia que um cão é considerado idoso a partir dos 8-10 anos de idade (claro que isso pode variar de acordo com a raça ou porte do animalzinho)? Eu sempre achei que um animal era considerado idoso depois dos 10 anos (estou compartilhando isso com vocês, porque como eu disse no post anterior, todo mundo tem seus momentos de “falta de informação”, não é vergonha nenhuma admitir isso)…

Bom, mas vale lembrar que ter idade é um fator biológico, todo mundo envelhece, isso não é nenhuma doença, mas é claaaro que algumas coisas podem mudar na vida de um cão idoso, como por exemplo:

-Você vai notar que os pelinhos vão ficando mais brancos;

-O pique do seu cão ou gato pode não ser mais o mesmo;

-A capacidade de adaptação a mudanças diminui e o bichinho acaba se estressando mais (aliás, hoje na Clínica Veterinária, uma senhora me contou sobre o caso dela e do seu gato. Ele tem 17 anos, ela adotou uma gatinha de 6 meses, ele estranhou e ficou tão estressado a ponto de não querer nem se alimentar…);

-A alimentação precisa ser modificada, se for ração ela tem que ser específica para a sua faixa etária, por exemplo, rações para idosos costumam a colaborar na manutenção do peso, ter uma preocupação com o funcionamento do intestino e possuem ingredientes antioxidantes que ajudam na saúde das articulações.

Além disso tudo, existem doenças que se tornam mais frequentes na vida de um senhorzinho pet, como as doenças nos ossos, perda de massa muscular, perda de audição e de visão, catarata, alzheimer e etc…

No nosso caso, a Kami passou umas 10 vezes na fila dos probleminhas da idade, e como idosos têm fila preferencial…Ela tem os pelinhos branquinhos (o que eu acho uma graça), o pique dela diminui bem (menos pra brincar com a Laila), ela já não enxerga tão bem, teve problemas nos ossos agravados por conta da artrose e os problemas neurológicos. Embora ela tenha todas essas dificuldades, posso dizer que a Kami é uma cachorrinha muito feliz, daquelas que abana o rabo desesperadamente quando te vê.

Bom, esse texto gigante é basicamente para fazer você pensar, pensar um zilhão de vezes sobre as responsabilidades que é ter um animalzinho em casa, não nas dificuldades de hoje, mas as que podem vir acontecer. Talvez vocês nunca passem por nada disso, o que será ótimoooo, mas e se acontecer? Vocês estão preparados para cuidar de um cão idoso? Ouço todos os dias casos e mais casos de cães idosos que foram abandonados 🙁 e isso é muito triste.

Cães idosos precisam de cuidados especiais sim. Então se você estiver pensando em aumentar a família, pense em todos os prós e os contras, no bem estar do seu animalzinho e na vida dele daqui uns anos, pense bem se você está disposto a despender do seu tempo e o seu dinheiro cuidando de um idosinho.

Mas se você, assim como a nossa família, decidir ter um animalzinho e ficar ao lado dele na velhice, só te digo uma coisa: Você vai ser recompensado todos os dias! É assim que eu me sinto em relação a Kami, pra mim cada vez que ela levanta, vai comer, toma água ou faz qualquer coisa é uma vitória e um MEGA motivo pra se comemorar.

Eu e a minha família somos MUITO felizes por termos tomado essa decisão.

Beijos,

Cris e Kami

 

Compartilhe Animais Idosos: Adoção Responsável

Etiquetas

Cris Assanuma

Funcionária em período integral de 3 gatas e um cachorro que acha que é gato. Quando eles permitem sou artista visual, ilustradora e criadora de conteúdo. Compartilhamos um pouquinho da minha vida com a Sayuri, Karin, Yumi e Boss; dicas, passeios, eventos e o nosso lifestyle.

Artigos relacionados

Fechar