Conheça o Radisson Red, o Hotel mais Incrível e Pet Friendly

Essa semana recebi um convite para participar de uma Feira Pet em Campinas. Embora a vontade de aceitar tivesse sido enorme, eu tinhas preocupações maiores antes de decidir.

Como ficaria cansativo ir e voltar no mesmo dia, achei conveniente buscar por um hotel pet friendly. Pedi algumas indicações e o que eu mais ouvi foi “Hotel pet friendly você até encontra, no entanto aceitar gatos…bom, difícil”.

Em um mundo cada vez mais pet friendly, entender que alguns lugares aceitam apenas cães e não gatos me soa um pouco difícil de engolir, mas claro, entendemos. Sem dúvida ainda não são tantas pessoas que passeiam, saem e viajam com os seus gatos, mas bem…isso tem mudado bastante. 

Nessa minha busca, encontrei o Radisson RED, um hotel M-A-R-A-V-I-L-H-O-S-O.

Eu fiquei encantada com todos os detalhes que fazem dele um lugar especial e quero compartilhar com vocês.

Bom, primeiramente: Ninguém achou um absurdo quando eu disse que eram dois gatos e não dois cães. Já nos ganhou nessa parte.

Mas não foi só por isso que o nosso coração se tornou 100% Radisson RED, vou contar um pouco da nossa experiência com a estadia.

Como eu já disse, o Hotel é maravilhoso, ele é moderno e super atual, tem um conceito bem diferenciado.

O check-in dispensa aquelas recepções tradicionais e é super rápido, feito pelo tablet; aliás, se for para falar de modernidade, vamos ter que falar sobre o aplicativo do hotel.

Pelo próprio aplicatico você consegue fazer o check-in e o check-out, além de pedir serviço de quarto e outras facilidades.

Nós amamos essa comodidade que a tecnologia nos proporciona.

O primeiro impacto com o lobby do RED e o atendimento já tinha sido maravilhoso, mas nem imaginávamos o que ainda estava por vir.

Conta mais…

Subimos para o nosso studio e fomos surpreendidos com um cartão muito carinhoso de boas vindas e chocolates. Para os gatos? Bom, essa parte é para se aplaudir em pé.

Eles disponibilizaram um banheirinho higiênico e granulado sanitário.

Pode parecer exagero da minha parte, mas sem dúvida alguma eu não estava esperando por isso. Tanto que tinha levado um kit para eles poderem usar.

 Aliás, não apenas tinha o kit sanitário como também ele era do tamanho adequado pros nossos gatos, ou seja, enorme. rs

Dois noruegueses ocupam muito espaço né, pessoal? Vocês sabem que a Karin tem 7 kg e o King é 5 metros de comprimento (exagerei um pouco? Ok, um pouquinho).

Além desse kit tinha uma caminha à sua espera. Amei, um carinho tão gostoso com as nossas crianças que a gente não sabe nem como agradecer por ele.

#amomuito

Outra coisa que eu achei bacana, é que o RED realmente está preparado para receber os gatos, tanto que nas regras pet em nenhum momento é discriminado cães ou gatos, são sempre “pets”.

Já que entramos no assunto Regras Pet do Hotel, vou compartilhar com vocês algumas delas e comentar.

-“Manter meu pet com coleira e guia, ou em uma transportadora nas áreas sociais tais como: jardins, piscina, solarium, academia, sauna, lobby, salas de descanso/eventos, nunca deixa-lo solto nas dependências do RED e utilizar o elevador de serviços para me locomover com ele entre os andares”.

Eu e a Dani, que me acompanhou nessa jornada Pet Friendly em Campinas, levamos o King e a Karin para todos os cantos do RED (menos o restaurante). Os dois andaram na guia e não tivemos nenhum problema com isso, muito pelo contrário, tanto os hóspedes como os funcionários adoraram ver os dois passeando.

-“Apresentar um documento que comprove a imunização/tratamento do meu pet contra pulgas, carrapatos e outros
parasitas, caso seja solicitado.”

Essa regra é super importante, isso também garante a segurança do seu Pet.

As outras regras são referentes ao bom senso de cada tutor, como por exemplo, não entrar com eles no restaurante, recolher as fezes e urina do STUDIO, não deixar que ele urine dentro das dependências do hotel entre outras. 

Mas pessoal, vejam bem, isso deve ser a conduta de qualquer tutor em qualquer estabelecimento pet friendly.

Mostra mais!!!

Agora, vamos deixar os gatos de lado e falar um pouco sobre a estrutura do RED? SOCORRO! Credo, que delícia! rs

O RED conta com o RØD Grainne’s, um restaurante maravilhoso com uma variedade incrível de comidas e bebidas, responsável pelo café da manhã que mais vai deixar saudades dos últimos tempos.

Por que é tão fácil se acostumar com coisa boa?

#saudades

Agora se a intenção é relaxar um pouquinho, recomendo a piscina ou a sauna. Mas se você é uma pessoa preocupada com sua saúde e bem estar, tem uma academia todinha esperando por você.

Como vocês sabem, nós trabalhamos home office, então viajar sem trabalhar um pouco para atender nossos clientes é uma missão impossível. Então, palmas para a internet maravilhosa do RED que não me deixou na mão!

Aliás, sabia que lá tem espaço para eventos, reuniões e etc? Dá pra trabalhar SIM em um ambientes descontraído SIM. Depois da reunião dá pra estender em uma partida de ping pong, ou jogos de tabuleiro, talvez um bilharzinho.

Enfim, muitos e muitos motivos para se hospedar com seus pets no RED.

Como desapegar depois de uma hospedagem tão incrível? Está sendo difícil.

Dicas para Viajar com seu Gato

Nós, como tutores de gatos, precisamos ter alguns cuidados extras na hora de viajar. Como por exemplo:

-As janelas dos hotéis dificilmente vão possuir telas, mas como os quartos possuem ar condicionado não tem problema deixá-las fechadas. Basta colocar as travas da janela para evitar acidentes.

-Nem todo hotel vai te fornecer um banheiro para gatos, tão pouco granulados, vale se informar  se é preciso levar de casa ou não.

-Outra dica bacana é gastar a energia do seu gato antes de sair do quarto.

Por exemplo, um pouco antes de descermos para o café da manhã, peguei a varinhas, fita, laser…Enfim, brincamos com a Karin e o King até eles cansarem. 

Assim, no momento em que ficaram sozinhos, puderam descansar um pouco e repor às suas energias, sem fazer nenhuma bagunça.

-Vai sair do quarto? Deixe sempre avisado que os gatos estão lá dentro para que não haja nenhum inconveniente, vale colocar a plaquinha de “Não perturbe”. 

-Se o seu gato não está acostumado a sair de casa, invista em distrações para que ele não estranhe tanto o ambiente novo.

Por exemplo, leve brinquedos, mantinhas ou coisas que tenham o seu cheiro, assim ele se sente mais acolhido e confortável.

Se isso não for o suficiente, quem sabe não seja bacana levar um Feliway de  por na tomada? Isso sempre ajuda na adaptação.

Mesmo a Karin sendo super acostumada a sair comigo, toda vez que saímos de casa coloco um pouco de Feliway em spray na bandana e na bolsa de transporte.

Afinal de contas, o bem estar deles vem sempre em primeiro lugar.

#ficaadica

Eu espero de todo o meu coração que cada vez mais o mundo seja cat friendly, que assim com o RED, também  esteja preparado para nos receber.

Além disso, tem coisa melhor do que passar um tempo a mais com os nossos gatinhos?

O nosso MUITO MUITO MUITO obrigado ao Radisson RED, sua assessoria maravilhosa e toda a sua equipe por nos receber tão bem. Estamos apaixonados por vocês e esperamos voltar em breve.

Estou torcendo para que as nossas dicas sejam úteis pra vocês que querem ter a experiência de viajar com os seus gatinhos.

Ficamos por aqui, até a próxima! 🙂

Para mais informações, acesse: www.radissonred.com/pt-br/campinas

Este post tem um comentário

  1. Como não amar lugares cat friendly?

Deixe uma resposta

Fechar Menu